não percebo, a cada dia que passa sinto-me cada vez melhor contigo. parece que te conheço há anos (e no fundo conheço), mas nunca tivémos tanta cumplicidade como a que temos agora. 
quando estou contigo, sinto-me bem, não penso no que não devo e o facto de ter acabado uma relação à pouco tempo, não me incomoda nesses instantes. 
és um bom miúdo, também tens os teus problemas e quando quiseres, estou disposta a ouvi-los. aos poucos e poucos também te vou contando a minha história, e acho que também já estava na altura de a saberes.. mais cedo ou mais tarde ias acabar por descobrir tudo, e isso já começou a acontecer. 
o que me deixou mais reticente com isto tudo, foi o facto de o conheceres a ele. como o mundo é pequeno.. conheces a pessoa que eu mais amei, por quem eu mais lutei, basicamente, conheces a minha maior desilusão.. e é pena, porque parece que 'ele' me persegue, pois onde quer que eu vá ele está sempre presente, não em pessoa mas sim, em palavras. no entanto, este assunto já me incomodou demais, e não vou deixar que mude nada entre nós, porque está na altura de eu o esquecer. e tu, fazes com que me lembre de ti quando menos espero e no fundo, eu até gosto..
espero que esta amizade contínue a evoluir, estou a contar com isso.

7 comentários:

P* disse...

vai evoluir de certeza minha linda :)

Afonso disse...

adoro (:

Afonso disse...

eu sei, foi um 'desabafo' s:

P* disse...

claro que sim querida!

Afonso disse...

ainda bem q percebes e concordas (:

mariana capante. disse...

adoro , sigo*

Ricardo F. dos Passos disse...

A amizade cura a desilusão, e já estás percebendo isso. Tome cuidado para não iludir aquele que te consola!!