por vezes pensamos que há pessoas que irão permanecer na nossa vida para sempre, que apesar de afastadas vão estar lá para nós como sempre estiveram no início... irónico não é? aconteceu-me isso contigo. pensava que não ias ser como todos os outros que foram e nunca mais quiseram saber de mim, aliás, tu disseste que não ias ser assim, mas no final de contas passou-se um ano e ninguém ia adivinhar que eras capaz de fazer o mesmo que muitos.
porque é que tinha de ser assim? para quê tantas promessas e tantas esperanças que me deste? julgava-te uma pessoa melhor.. o certo é que novas paixões mudam-nos, mas não é por isso que nos devemos de esquecer de uma amizade. sim, uma amizade, acima de tudo o que tivemos tínhamos uma amizade daquelas que poucas vezes tive com alguém.
uma vez perguntaste-me 'sou uma desilusão para ti?', bem naquela altura não o eras mas agora talvez sejas.. fizeste-me sentir uma estúpida por tudo o que te disse naquela noite, apesar de sentir o que sentia avisei-te como amiga que a pessoa que, supostamente eu pensava que irias ter ao teu lado, não era o que estavas à espera. o certo é que nessa altura já a tinhas ao teu lado e mesmo assim ficaste ali a ouvir-me falar dela, a ouvir-me contar tudo o que sabia e a falares dela também. ficaste a assistir aquilo tudo e de certeza que pensaste para ti próprio ''mal tu sabes que já estou com ela''.
custa-me por vezes não falar contigo, ou não saber nada sobre ti, mas o que é certo é que de agora em diante vai ser assim. ano novo, vida nova.

1 comentário:

Flor de Maracujá disse...

Nice*
Podíamo-nos seguir uma à outra!?
Diz-me se me seguires e seguirei de volta (:
Beijinhos,
pequenaflordemaracuja.blogspot.pt